No final, tudo é artesanal…

Por Claudney Neves

Na Sua Maquete utilizamos várias ferramentas para confecção de nossos trabalhos, que transitam por áreas totalmente diferentes, mas complementares… e contribuem, no final, para obras únicas.

Recorremos à carpintaria para todo o trabalho com madeira, técnicas de desenho em softwares vetorias para programação do recorte a laser, dobradura em acrílico utilizando processos térmicos, fotocorrosão de chapas metálicas, moldagem em diversos tipos de materiais, escultura de peças, pintura com pistola de ar e pincéis, cálculos para instalação de leds usados na iluminação e a própria soldagem do circuito, toda a infinidade de tipos de vegetação que exigem as mais sortidas maneiras de confecção, além de outras técnicas que ainda nem imaginamos conhecer, mas surgirão de acordo com as necessidades.

Assobiando e chupando cana

A essa altura, devem ter percebido que a maquetista, ou o maquetista, é a “multi-instrumentista” dessa área, com tentáculos de habilidades completamente distintas entre si. Em uma mesma maquete, é muitíssimo comum, precisarmos desenhar no Autocad ou CorelDraw, para que o arquivo seja lido nas máquinas de recorte a laser, construir estruturas em madeira para paredes de acrílico, iluminar tudo, pintar, humanizar com figuras pintadas à mão, veículos fabricados em formas de silicone, um a um, lançar mão de chapas fotocorroídas que foram cortadas, dobradas e viraram móveis antes de, finalmente, entregarmos a encomenda para o cliente.

Lula Lelé multi-instrumentista

Além das técnicas, a diversidade de materiais é um capítulo à parte, que falaremos em outro post, em pequenas empresas, como nós, esse trabalho, feito com pouquíssimos indivíduos, corre em paralelo com as planilhas e notas do financeiro, das postagens como esta, feitas pelo marketing, que também se espalha pelas redes sociais e onde mais puder chegar para divulgar nossa marca.

Sensação de dever cumprido

Enfim, é por isso tudo que não somos uma fábrica de maquetes, somos um ateliê, termo que traduz mais cirurgicamente o que tentamos dizer nesse pequeno artigo, somos artistas, que materializam o desejo do cliente. Cliente este que anseia por um projeto perfeito, uma cidade cenográfica tão real que, ao vê-la em uma foto, duvide ser maquete, uma praia com ondas tão naturais, que sinta vontade de surfá-las, ou simplesmente aquela textura de madeira, feita com PVC, imitando tão bem a real, que será o piso em seu apartamento na próxima obra.

E nessa dimensão artística, nosso dever é cumprido quando conseguimos superar expetativas, surpreender, criar sorrisos espontâneos e ouvir aquele “UAAAAUUUUUU!!!”, com entrega sempre no prazo 😉

Já conhece nosso trabalho? Se não, pode vê-lo em fotos e vídeos, clique aí nos links e até a próxima!

Compartilhe em suas rede sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *